As 10 autoras mais amadas deste blog

Feliz Dia Internacional das Mulheres!

O post de hoje é dedicado às mulheres guerreiras que somos todas nós. Às mães, filhas e irmãs; independente da sua orientação sexual, cor da pele ou religião.

Para comemorar o dia, nós selecionamos 10 autoras contemporâneas que nos conquistaram, nos fizeram rir e chorar, e impactaram nossas vidas de alguma maneira

J. K. Rowling

Seria impossível, em um blog com nome inspirado no universo Harry Potter, não citar a escritora que definiu uma geração inteira, em todo o mundo.

Ela recebeu inúmeros prêmios e vendeu mais de 400 milhões de cópias da saga, que se tornou a série literária mais vendida da história, e agora escreve uma série policial sob o pseudônimo Robert Galbraith.

Livros recomendados:

Hannah Howell

A autora americana escreveu mais de 40 romances históricos, e foi responsável pelo meu amor pelo gênero, oito anos atrás. Ela só escreveu seu primeiro livro aos 38 anos de idade, e a partir daí, escreve em média um livro por ano. Também ganhou inúmeros prêmios.

Seu novo livro está em pré-venda pela Amazon e inicia uma nova saga.

Livros recomendados:

Nora Roberts

É impossível entrar em qualquer livraria ou sebo e não ver pelo menos um exemplar de Nora Roberts. Ela escreveu mais de 200 best-sellers desde 1981, quando seu primeiro livro foi publicado e foi a primeira mulher a fazer parte da Galeria da Fama dos Escritores Românticos dos Estados Unidos.

Seus romances, combinados, totalizaram 861 semanas na lista de best-seller do New York Times, incluindo 176 semanas na posição de número um. Além dos romances, Nora também escreve uma série policial, entitulada Mortal, sob o pseudônimo J. D. Robb.

Livros recomendados:

Lisa Kleypas

Os romances históricos e contemporâneos de Lisa são best-sellers no mundo todo, e já foram traduzidos para 28 idiomas. Em 2016, ela anunciou que daria uma pausa em seus romances para focar na literatura contemporânea, e publicou “A Protegida“, primeiro livro da série The Travis Family.

Ela voltou às suas raízes em 2018, com “Os Ravenels“, e personagens que já haviam aparecido em outras obras. Como as outras escritoras dessa lista, a autora recebeu inúmeros prêmios pelos seus mais de 40 livros.

Livros recomendados:

Julia Quinn

A autora amerticana começou a trabalhar em seu primeiro romance um mês depois de terminar a faculdade e nunca mais parou de escrever. Seus livros já atingiram a marca de 10 milhões de exemplares vendidos.

Como Nora Roberts, ela também faz parte da Galeria da Fama dos Escritores Românticos dos Estados Unidos. Sua série mais popular, “Os Brigdgertons“, está sendo desenvolvida para virar uma série da Netflix.

Livros recomendados:

Cassandra Clare

Os livros de Cassandra Clare vieram ao Brasil em 2010, e sua primeira série, “Os Instrumentos Mortais“, fez tanto sucesso que virou filme em 2013 e uma série da Freeform com parceria da Netflix em 2016.

No mesmo universo dos Caçadores de Sombras, Clare lançou mais duas sagas, “As Peças Infernais“, e mais recentemente, “Os Artifícios das Trevas“. O último livro das série “Os Artifícios das Trevas” foi lançado no final de fevereiro deste ano.

Seus livros já venderam mais de 40 milhões de cópias.

Livros recomendados:

Meg Cabot

A autora americana é mais conhecida por sua série de livros “O Diário da Princesa“, que tornou-se filme em 2001. Suas obras aparecem em listas de best-sellers infanto juvenis e adultas.

Apesar de ter vendido mais de 25 milhões de cópias dos seus 80 livros e ter recebido inúmeros prêmios, Cabot diz que a maior realização da vida dela é receber cartas de fãs que desenvolveram o hábito da leitura com os livros dela.

Ela também escreve romances históricos sob o pseudônimo Patricia Cabot.

Livros recomendados:

Rupi Kaur
As 10 autoras mais amadas deste blog

A poetisa de apenas 26 anos nasceu na Índia e se mudou com a família para o Canadá aos quatro anos. Sua carreira começou no Instagram e Tumblr, onde postava seus poemas.

Em 2015, sua primeira antologia, “Outros Jeitos De Usar a Boca“, foi publicada. Ela aborda temas como abuso, relacionamentos, feminismo e feminilidade, além de empoderamento.

O livro foi tão bem recebido que gerou um efeito dominó, abrindo espaço para outros livros de poesia como o seu.

Livros recomendados:

Penelope Ward

A autora americana cresceu em Boston com mais cinco irmãos. Se tornou escritora após decidir largar o emprego para se dedicar à familia. Em casa com os filhos, começou a escrever romances, em sua maioria eróticos, dos quais onze estão na lista de livros mais vendidos do New York Times.

Seu último livro, ainda não lançado no Brasil, foi votado como o livro mais difícil de largar do ano pela Amazon. Ela vendeu mais de um milhão de cópias de seus livros.

Livros recomendados:

Leysa Rayven

A escritora da série “Meu Romeu” e “Masters of Love” mora na Australia com seu marido, dois filhos adolescentes, quatro gatos e seu canguru (imaginário, talvez).

Começou sua carreira escrevendo peças de teatro, e só depois de conquistar leitores online com suas fanfics que decidiu focar nos romances. Suas obras já alcançaram quinze países além dos Estados Unidos, e seu nome já habita listas de best sellers.

Livros recomendados:


Foi um trabalho quase impossível escolher apenas 10 dentre tantas e várias ficaram de fora. Mas se você sentiu falta de grandes nomes como Jane Austen, Agatha Christie e Mary Shelley, saiba que estamos preparando um post só com as autoras que já se foram.

Poderíamos citar inúmeras escritoras que fizeram e fazem história, mas precisaríamos de um livro inteiro para isso. Que tal aumentarmos a lista nos comentários? Fala aí, quais as suas autoras favoritas? Qual marcou a sua vida?

E à todas as mulheres, nosso parabéns pelo seu dia!

0 Comentários

Deixe o seu →

Deixe uma resposta