Uma Noiva Para Winterborne, de Lisa Kleypas

Esse livro, com toda a certeza do mundo, ganhou um lugar especial em meu coração…

Uma noiva para Winterborne” me fez suspirar, rir, emocionar, sentir o coração na mão várias vezes, e me deixou ansiosa para chegar ao final logo.

Rhys Winterborne tem um temperamento galês muito explosivo e nada cavalheiro, e mesmo com toda a fortuna que construiu ao longo de uma vida cheia de trabalho, ainda é “rejeitado” pela aristocracia por não ter sangue nobre.

Nada mais conveniente para ele do que casar com a jovem Helen Ravenel, pois dessa maneira ajudaria Devon, seu querido amigo (protagonista do primeiro livro da série, Um Sedutor Sem Coração), ao mesmo passo que se beneficiaria por se casar com alguém da alta sociedade.

O livro inicia-se com Helen decidida a reatar o noivado que mal tinha iniciado, custe o que custar, pois ela simplesmente não consegue mais se imaginar longe de Winterborne. Para fazer com que os Ravenels aceitem a condição de ambos reatarem o noivado, eles acabam tomando uma decisão sem volta.

O que o charmoso comerciante mais poderoso de Londres não imaginava, é que acabaria caindo nos encantos da linda Helen, a jovem de olhar tímido e feições de anjo, e o que era pra ser mais um “acordo”, acaba se transformando em uma atração tentadora demais para ser mantido tranquilamente até o casamento. Helen insiste, no entanto, em esperar alguns meses para que a cerimônia seja realizada, em nome das tradições de luto da época, já que seria um escândalo casar-se em pleno luto pelo irmão falecido recentemente.

Rhys mal imagina que a bela jovem que tem sido a razão para sua insônia esconde um segredo que pode ameaçar separá-los para sempre. Ela se vê travando uma batalha entre o dever de ser sincera com o amado, ou sucumbir apenas aos caprichos do coração e omitir o fato.

“Você é toda minha – garantiu, a voz baixa e trêmula. – Cada fio de cabelo. Cada parte sua foi feita para ser amada por mim.”

Será que ambos conseguirão contornar a sequência de desventuras que se desencadeara?

Eu queria simplesmente chegar ao desfecho dessa linda história regada à frases galesas que me fizeram suspirar. Sério, imagina ser chamada de “Meu amor”, em galês? Eu casaria na mesma hora.

“…Simplesmente vá a mim de livre e espontânea vontade. Ame-me por quem eu sou, como eu a amo por quem você é… e nosso laço durará até as estrelas perderem o brilho…”

Ok, eu sei que você acabou de se apaixonar nesse exato momento por Rhys. E quem não se apaixonaria?

Outro ponto que gostei muito foi como Helen desabrocha à cada capítulo, amadurecendo, cedendo o lugar de jovem delicada para mulher decicida e forte.

Essa Lisa Kleypas ainda vai me matar do coração, pois vocês terão um apêncide com algumas surpresas que eu não vou revelar para não perder a graça. Queria tanto chegar ao desfecho da história e quando cheguei, queria que não tivesse acabado 😛

Sentem-se, fiquem à vontade. Peguem uma xícara de chá e embarquem nesse retorno à Inglaterra do século XIX, os Ravenels estão esperando…

Boa leitura!

Comprar na Amazon


0 Comentários

Deixe o seu →

Deixe uma resposta